top of page

Abono salarial: tenho direito mas não foi liberado, que posso fazer?


Os trabalhadores que atendem aos critérios para recebimento do abono salarial têm até o dia 30 de junho para sacar os valores nos canais disponibilizados pelos bancos. Caso não saquem o benefício no período, só poderão sacar o dinheiro no ano que vem, quando for aberto o calendário do pagamento 2021/2022.


Mas como fica a situação de quem tem o direito a receber o abono e o dinheiro ainda não foi liberado?


Resposta: Para receber o abono salarial é preciso atender a quatro condições ao mesmo tempo. São elas:


- Estar cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; - Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base; - Ter exercido atividade remunerada para pessoa jurídica, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração; - Ter seus dados informados pelo empregador (pessoa jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)/e Social.


Qual o valor que é possível receber de abono salarial?



O cálculo do valor do benefício corresponde ao número de meses trabalhados no ano-base multiplicado por 1/12 do valor do salário mínimo vigente na data do pagamento.


Exemplo. Quem trabalhou o ano todo recebe R$ 1.100. Quem trabalhou só um mês recebe 1/12 do salário mínimo (R$ 92).

O período de serviço igual ou superior a 15 dias em um mês será contabilizado como mês integral.


Quantidade de Valor

meses trabalhados


1 R$ 92,00

2 R$ 184,00

3 R$ 275,00

4 R$ 367,00

5 R$ 459,00

6 R$ 550,00

7 R$ 642,00

8 R$ 734,00

9 R$ 825,00

10 R$ 917,00

11 R$ 1.009,00

12 R$ 1.100,00

Torun

14/06/2021 10h23


bottom of page