Bancos recebem notificação da Senacon sobre irregularidades em crédito consignado.

Atualizado: 3 de mai. de 2021


Em função do aumento da reclamação de consumidores sobre possíveis irregularidades na promoção e oferta de crédito consignado, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacom) notificou 16 das principais instituições financeiras do Brasil, além de duas associações que representam o setor. De acordo com o órgão, em 2020, foi constatado um aumento de 119,9% nas reclamações no comparativo ao mesmo período de 2019 – entre janeiro e novembro. Em números absolutos, as queixas saltaram de 34.385 para 75.615. Agora, as instituições têm prazo de 10 dias para prestar esclarecimentos quanto aos questionamentos da Senacon. Em seguida, o órgão pode instaurar processos administrativos e, caso seja necessário, estipular multa aos bancos. Vale lembrar que, no final do ano passado, a Senacon promoveu a suspensão das operações de crédito consignado do C6 Bank em função das reclamações formalizadas nos Procons regionais. Este bloqueio envolvia as operações feitas por meio eletrônico e com os correspondentes bancários. O caso segue em segredo de justiça. Veja lista de bancos notificados pela Senacon:

  • Itaú

  • Banco Pan

  • BMG

  • Bradesco

  • Cetelem

  • Banco Safra

  • Santander

  • Caixa Econômica Federal

  • Banco Daycoval

  • Banco do Brasil

  • Banco Mercantil

  • BV Financeira

  • Crefisa

  • Olé Bonsucesso

  • Sabemi

  • Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN)

  • Associação Brasileira de Bancos (ABBC)

  • Banco C6 Consignado

Torun

15.01.2021