Como declarar seus Empréstimos no IMPOSTO DE RENDA 2022


Você sabia que precisa declarar os Empréstimos? É isso mesmo!


Confira agora mesmo como declarar na matéria abaixo:


A exigência da Receita Federal aplica-se apenas a contratos a partir de R $5 mil reais fechados por pessoas que preencham os requisitos e tenham rendimentos tributáveis superiores a R $28.559,70 reais.


Isso é importante até mesmo para o fechamento dos seus informes de rendimentos. Isso porque a Receita pode estranhar a aquisição de bens incompatíveis com sua renda, se não explicar que contraiu uma dívida para comprar aquele item.


Outro ponto IMPORTANTE:


Na declaração entram os recursos financeiros de diferentes categorias:

  • Empréstimo Consignado

  • Cheque-especial

  • cartão de crédito

Os três acima devem ser informados sempre que a dívida com o banco emissor ultrapassar R $5 mil.

Ao fazer o preenchimento, o contribuinte deve escolher a opção "Dívidas e ônus real” e inserir informações sobre quem é o credor, se é instituição financeira ou banco.

  • Banco: “11 – Estabelecimento bancário comercial”

  • Financeira: “12 – Sociedade de crédito, financiamento e investimento”

  • Credor: (empréstimo entre pessoas) código 13

Na coluna "Discriminação", devem ser colocados detalhes como CPNJ da instituição e valor da dívida. No campo “Situação”, insira apenas o saldo devedor, o valor ainda devido. Você também encontrará um campo específico para inserir o valor a pagar da sua dívida de 2021.