Veja como ficou a suspensão do consignado!

Atualizado: 4 de mai. de 2021


O senador Otto criou a PL 1328/2020 que propõe a suspensão do pagamento do consignado até quatro parcelas dos pagamentos, durante a situação de emergência nacional de saúde pública decorrente do coronavírus.


Os grupos vulneráveis como aposentados e pensionistas, têm sido apoio para a família e, através da sua renda mensal, ajudam a pagar despesas básicas, como compra de remédios e supermercado.


No fim das contas, a suspensão das parcelas do consignado, vai acontecer? Acompanhe.


Como está o processo?


O projeto segue em trâmite no Congresso Nacional. A PL foi aprovada pelo Senado e agora está nas mãos da Câmara dos Deputados, enquanto aposentados e pensionistas esperam uma decisão.



A preocupação é que com o fim do ano se aproximando, e a antecipação do 13º que aconteceu no 1º semestre, muitos beneficiários encontram-se em uma situação financeira desconfortável. A suspensão do pagamento do consignado seria um alívio para este grupo.


Quando acontecerá a suspensão?


A autorização para haver a suspensão temporária no pagamento do consignado, ainda aguarda a análise da PL e aprovação de alguns setores do Congresso.


Como dito anteriormente, o Projeto de Lei se encontra na Câmara dos Deputados e caso seja aprovado, ainda terá que haver a sanção presidencial, isto é, a aprovação pelo Presidente Jair Bolsonaro e a posterior publicação no Diário Oficial.



Enquanto isso, é importante que os aposentados e pensionistas acompanhem as notícias de sites confiáveis, e em caso de dúvida, confira o seu Histórico de Créditos disponível na conta do “Meu INSS” do segurado ou SIGAC, caso seja servidor federal.


O que esperar por enquanto?


Apesar do trâmite ter sido rápido desde a criação da PL por Otto Alencar até a aprovação pelo Plenário, já fazem 5 meses que o Projeto está parado na Câmara e dependendo de decisão de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para colocar a pauta em análise.


Alguns parlamentares já enviaram um pedido de urgência para a votação da PL, mas ainda segue em aguardo.



Torun

18.12.2020