Como solicitar a suspensão dos consignados


Mesma Lei que ampliou em 5% (cinco por cento) o limite máximo para a contratação de operações de crédito consignado e também permite ainda de forma opcional a concessão de carência por até 120 dias para novas operações de crédito consignado e bem como para as anteriores à Lei, mediante a incidência, durante o período de carência de juros e demais encargos contratados.

Mas qual é a diferença entre carência e suspensão?


Carência é o tempo que decorre entre a concessão de um empréstimo e o momento em que se começa a efetuar o pagamento, já a suspensão é o adiamento das prestações durante o período determinado.


A Lei não obriga nenhuma instituição a conceder a carência, deixando facultativo a decisão. E ainda permitindo que haja incidência de juros e encargos contratuais. Vale lembrar de se planejar antecipadamente antes de solicitar a carência dos contratos.


É facultativo, e se o banco não suspender?

Desde o ano passado alguns bancos já disponibilizam a opção de carência para os empréstimos consignados. A nova lei, além de permitir a carência para os novos contratos, também disponibiliza a carência dos contratos anteriores. Caso você não deseje negociar os seus contratos, deve solicitar diretamente na central de atendimento do banco em que possui o contrato. Você pode conferir aqui a lista de telefones das principais instituições.


Se o banco não permitir essa pausa, você pode optar em negociar com a carência ou ainda fazer a portabilidade de crédito desse contrato para um banco que dê essa opção a você.


Confira lista de telefones das principais instituições:


Banco Pan - 0800 776 9595

Capitais e Regiões metropolitanas: 4002-1687


Banco BMG - 0800 031 8866

Capitais e Regiões metropolitanas: 4002 7007


Banco Cetelem - 0800 724 5904

Capitais e Regiões metropolitanas: 4004 7990


Banco Daycoval - 0800 775 0500

Capitais e Regiões metropolitanas: 3004 5300


Banco Itaú - 0800 570 0011

Capitais e Regiões metropolitanas: 4004 4828


Banco Paraná - 0800 645 6090

Capitais e Regiões metropolitanas: 3351 9899


Banco C6 - 0800 660 6116

Capitais e Regiões metropolitanas: 3003 6116


Banco Bradesco - 0800 704 8383

Capitais e Regiões metropolitanas: 4002 0022




Camila dos Reis

22/05/2021