Governo dará bônus para grande cliente que reduzir consumo de energia

Atualizado: 6 de out. de 2021


O Ministério de Minas e Energia publicou nesta segunda-feira uma portaria com regras para que grandes clientes de energia reduzam o consumo de eletricidade.


A medida faz parte das ações que o governo tem tomado contra a pior crise hídrica em 91 anos, que ameaça o fornecimento de energia no país, e vinha sendo aguardada desde maio pela indústria.


A associação dos grandes consumidores de energia (Abrace) estima que mais de mil consumidores industriais poderão aderir à medida.


Com a medida, grandes consumidores poderão ganhar um "bônus" para reduzir a demanda por energia. O foco do MME é o horário de pico, entre 12h e 18h em dias úteis.


O governo também prepara medida para incentivar a redução da demanda de consumidores residenciais, que poderão ter redução nas contas de luz de acordo com o consumo.


A medida é a primeira que o governo toma para conter a crise pelo lada da demanda de energia e não só pela oferta. Não se trata de um racionamento de energia, já que a adesão é voluntária.


Especialistas vem dizendo que isso é necessário para evitar sobrecarga do sistema apagões concentrados nos horários de pico especialmente a partir de outubro. O período seco se estende até novembro.


A portaria publicada nesta segunda-feira é voltada apenas para os chamados consumidores livres, aqueles que compram energia diretamente do gerador, sem passar pela distribuidora. Isso abrange principalmente indústria, shoppings e grandes comércios.

Fonte: Exame.com

Torun

24/08/2021 10h35