top of page

IPCA de julho tem maior alta em quase 20 anos e encosta em 9% em 12 meses

Atualizado: 6 de out. de 2021


O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,96 por cento em julho, após alta de 0,53 por cento no mês anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira.


O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,96% em julho depois de avançar 0,53% no mês anterior, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira.


Essa foi o maior resultado para um mês de julho desde 2002, quando a alta foi de 1,19%.


Em 12 meses, a taxa acumulada até julho foi a 8,99%, de 8,35% em junho, indo muito além do teto da meta oficial para este ano -- inflação de 3,75%, com margem de 1,5 ponto percentual para mais ou menos. O dado também o mais elevado desde os 9,32% atingidos em maio de 2016.


“O mês de julho teve muita influência de energia, combustíveis, monitorados e alimentos. Foi uma alta com várias causas", explicou o analista da pesquisa, André Filipe Guedes Almeida.


“O mês de julho teve muita influência de energia, combustíveis, monitorados e alimentos. Foi uma alta com várias causas", explicou o analista da pesquisa, André Filipe Guedes Almeida.


Os resultados ficaram em linha com as expectativas em pesquisa da Reuters de altas de 0,94% na comparação mensal e 8,98% na base anual.

Fonte: Isto é Dinheiro

Torun

10/08/2021 13h28

bottom of page