Mercado vê inflação superar 6% este ano e maior aperto monetário em 2022


A projeção do mercado para a inflação neste ano ultrapassou a marca de 6% e os especialistas consultados na Boletim Focus do Banco Central passaram a ver maior aperto monetário em 2022.


O levantamento semanal divulgado nesta segunda-feira apontou que a expectativa para a alta do IPCA este ano chegou a 6,07%, de 5,97% na semana anterior, superando em muito o teto da meta oficial --3,75% com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.


Para 2022 o cálculo para a inflação teve leve ajuste para baixo de 0,01 ponto percentual, a 3,77%, contra meta de 3,50% também com margem de 1,5 ponto.


Com a inflação elevada, os economistas passaram a ver a taxa básica de juros em 6,75% no ano que vem, de 6,50% esperados antes. Para este ano permaneceu o cenário de Selic a 6,50%.


Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), houve melhora na estimativa de crescimento para este ano, com a expansão calculada em 5,18%, ante 5,05%. Para o ano que vem também houve ajuste de 0,01 ponto percentual para baixo, a um crescimento esperado de 2,10%.


Torun

05/07/2021 09h41

Cópia de Cópia de reels (1).png