top of page

Micro e pequenas empresas foram as que mais geraram empregos com carteira assinada em 2020!

Atualizado: 3 de mai. de 2021

Foram 293,2 mil postos de trabalho criados no ano passado. No mesmo período, médios e grandes negócios fecharam 193,6 mil vagas.

As micro e pequenas empresas abriram 293,2 mil postos de trabalho com carteira assinada em 2020, segundo pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) com dados no Ministério da Economia. No mesmo período, os médios e grandes negócios fecharam 193,6 mil vagas.

Esse resultado é a diferença entre as contratações e as demissões. No cálculo geral, as pequenas empresas foram as responsáveis pelo saldo final de 142,7 mil empregos gerados no país em 2020.


Os pequenos negócios foram os únicos que conseguiram reverter as perdas provocadas pela pandemia do coronavírus, mesmo com grande dificuldade nos primeiros meses da crise.

No mês de dezembro, as pequenas empresas, pela sexta vez consecutiva, se destacaram na geração de empregos, sendo responsáveis pela criação de 22,7 mil postos de trabalho.

Elas foram as únicas a gerar empregos no mês, já que as médias e grandes empresas mais demitiram do que contrataram, registrando saldo negativo de 69 mil empregos.

O bom desempenho do setor está ligado ao maior acesso às linhas de crédito e programas de incentivos do governo, como o Pronampe, de acordo com o presidente do Sebrae, Carlos Melles.


Outro fator importante, segundo Melles, é o investimento em tecnologia. As empresas que conseguiram enxergar novas oportunidades no digital tiveram resultados melhores.

“Esse binômio de usar a tecnologia, o digital, o mix da transformação, mais o crédito, proporcionou o aumento da geração de empregos pelo dinamismo da micro e pequena empresa”, afirma Melles.

Torun

03/02/2021




bottom of page