Pesquisa mostra como a CPI da Pandemia impacta os brasileiros


A pesquisa Ipsos que avaliou a percepção dos brasileiros sobre o momento atual do país mostra que a maioria da população não está acompanhando a CPI da Pandemia. Mesmo entre aqueles que estão se informando sobre as investigações, as expectativas estão reduzidas quanto aos resultados dos trabalhos.


Apesar do ceticismo, a maioria dos entrevistados se mostrou incomodada quando informada sobre fatos trazidos à luz pela CPI, como a recusa da oferta de compra de vacinas da Pfizer, por exemplo, diz a pesquisa. Os dados coletados apontam que a CPI é responsável pela tendência de deterioração da imagem de Bolsonaro.


Dos entrevistados, 59% dizem que não votariam no presidente ‘de jeito nenhum’, contra 33% de eleitores que não votariam ‘de jeito nenhum’ em Lula. A pesquisa comparou os resultados com os índices do Poder Data de maio, que apontavam rejeição absoluta de 49% para Bolsonaro e de 50% para Lula.


Torun

08/07/2021 10h58