Pesquisa revela recorde de endividamento e inadimplência familiar em 2020!

Atualizado: 3 de mai. de 2021


As famílias brasileiras atingiram em 2020 o maior índice de endividamento dos últimos dez anos. A informação é da Confederação Nacional de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que publicou na semana passada o resultado da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) correspondente ao período. De acordo com os dados, a média anual das famílias que se colocaram como endividadas ficou em torno de 66,5%. Em 2019 (63,9%). É o maior patamar desde 2010.


Os índices de inadimplência também apresentaram números recordes. Famílias que disseram estar com contas atrasadas chegou a 25,5%, ante 24% em 2019. Agora, as famílias que devem e se colocaram sem condições de pagar débitos ficou em 11% em 2020, acima do ano passado, quando atingiu 9,6%.


No documento, a modalidade mais citada como fator de endividamento na pesquisa foi o cartão de crédito. Foi citado por 78% das pessoas entrevistadas. O segundo foi carnês, com 16,8% e, por fim, financiamento de carro, representando 10,7%. A pesquisa também revela que, de 2019 para 2020, ocorreu crescimento de 0,5% no item referente ao comprometimento de renda mensal com dívidas, com média anual de 30% em 2020. O maior índice desde 2017.

Torun

03/02/2021