Principais dúvidas sobre o consignado digital!

Atualizado: 4 de mai. de 2021



Ao contratar um empréstimo consignado digital, podem surgir muitas dúvidas, principalmente quando é a primeira vez.


Pensando nisso, para te ajudar a ter mais informações e decidir se a modalidade de empréstimo realmente vale a pena para você.




Qual a idade necessária para contratar o empréstimo?


As regras em relação a isso podem variar para cada convênio ou benefício. Normalmente, a idade mínima atendida para quaiquer operações de crédito é de 18 anos, mas se você for pensionista, essa idade é de 25 anos.


Em relação a idade máxima, é preciso ter até 75, pois depois disso, fica mais difícil ter algum valor liberado para contratação.


Alguns casos específicos, como os beneficiários de espécie 32 e 92, são autorizados a contratar empréstimo somente a partir de 60 anos.



Quais os benefícios atendidos?


Em geral, para fazer um empréstimo consignado é preciso ter uma renda fixa garantida que possa ser comprovada. Quem se encaixa nesse perfil são funcionários públicos, pensionistas e aposentados doINSS e funcionários do setor privado com carteira assinada.


É preciso pagar uma taxa antecipada?


O empréstimo consignado não pede garantias, nem cobra nenhum valor para liberação do seu empréstimo. Por isso, é importante que você não faça nenhum depósito ou pagamento antes ou depois de receber o seu dinheiro.


Quantos contratos de empréstimo consignado pode se ter?


O cliente tanto do INSS, quanto servidor federal, pode fazer até 9 contratos de empréstimo consignado. Ao preencher essa quantidade, é possível realizar apenas refinanciamento ou portabilidade.



Como faço a assinatura da proposta?


Em um consignado digital, como é feito pela Fator Capital, a assinatura da sua proposta é feita através da biometria facial ou selfie. A tecnologia garante total segurança do processo de contratção e faz com que o empréstimo consignado se torne completamente digital e seguro contra fraudes.


Qual o prazo de pagamento para o valor cair na conta?


Depois de averbado, o seu empréstimo pode levar até 48 horas úteis para cair na sua conta. É importante lembrar que divergências nas informaçõs bancárias ou sobrecarga de liberações de contratos do INSS podem estender esse tempo. O prazo total previsto nos trâmites é de 2 a 9 dias úteis.




Torun

25.11.2020