top of page

Veja o que é e como emitir o extrato da Previdência Social.

Atualizado: 6 de mai. de 2021


O extrato da Previdência Social é um dos documentos mais importantes de todo cidadão e segurado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).


Aproveite para saber em detalhes o que é, quando utilizar e como acessar e ter essa informação em mãos, sempre que precisar. Confira!



Extrato da Previdência Social


O Extrato Previdenciário é um relatório utilizado para demonstrar os vínculos profissionais e da Previdência Pública que estão disponíveis no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).


Visa detalhar todas as informações relativas às contribuições previdenciárias de pessoas físicas (trabalhadores ou contribuintes).



Extrato CNIS


O Resumo da Previdência Social também é conhecido pela sigla CNIS ou extrato de CNIS, que está diretamente vinculado ao Cadastro Nacional de Informações Sociais.


Portanto, o CNIS é um banco de dados que contém os vínculos empregatícios e previdenciários dos trabalhadores brasileiros.


O banco de dados foi criado em 1989 e mantém informações sobre trabalhadores com vínculo empregatício desde 1976 e contribuições pessoais desde 1979.


Os dados sobre os salários mensais pagos aos trabalhadores desde o início da década de 1990 são armazenados no mesmo sistema.


Ao revisar a Declaração da Previdência Social ou CNIS, o contribuinte encontrará as seguintes informações:

  • remuneração recebida;

  • nome dos empregadores;

  • período trabalhado;

  • contribuições realizadas via GPS seja na condição de contribuinte individual, facultativa ou prestação de serviço.

Para que é utilizado?


Normalmente, os extratos da previdência social são utilizados para fins gerais, para comprovar a inscrição no regime geral de previdência social (RGPS). É válido como documento oficial e pode ser usado para:


Conferência de contribuições


Por meio do extrato do CNIS, você pode verificar o horário da doação e o valor pago. Portanto, aqueles que precisam verificar se as contribuições para a previdência social foram pagas em determinado período podem consultar o relatório simplificado.


Dessa forma, caso a empresa empregadora desconte o valor da contribuição, mas não recolha a GPS, por exemplo, é possível acioná-la na justiça para tomar as medidas cabíveis em função da não quitação dos valores devidos.


Dar entrada na aposentadoria


Outro uso muito comum dos extratos previdenciários é como documento auxiliar nos pedidos de aposentadoria. Embora o INSS possa acessar o banco de dados do CNIS, ele pode solicitar a exibição da frase para facilitar a verificação ou verificação das informações.


Vale lembrar que o tempo de contribuição é um dos critérios para a concessão de um benefício previdenciário.


Se o pedido for indeferido, o extrato da Previdência Social também pode ser um dos recursos apresentados para comprovação adicional.


Conferência do valor de base de cálculo


Como o relatório demonstra o valor da remuneração, por período e por empresa, o contribuinte pode confirmar se os valores batem com os demais registros que constam na CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) e contratos de trabalho.


Para a checagem do valor do pagamento do benefício, o segurado deve consultar o Extrato de Pagamentos ou Histórico de Créditos, que é o documento mais indicado para esta finalidade.


Veja como consultar o extrato.


Como consultar o extrato da Previdência Social ou CNIS?


Aqueles que precisarem consultar ou emitir o extrato da Previdência Social têm a opção de fazer isso presencialmente ou online.


Seja pelo Meu INSS, Agência da Previdência Social ou por uma agência bancária, o documento pode ser facilmente acessado, sempre que necessário. Veja a seguir:


Como emitir o extrato da Previdência pelo Meu INSS?


O extrato previdenciário pode ser consultado a qualquer momento, pela internet, a partir do site ou aplicativo Meu INSS. Para isso basta:

  • Acessar o Meu INSS e faça seu login no portal de serviços gratuitos;

  • Na aba “Serviços em Destaque”, procure pela opção “Extrato de Contribuição (CNIS)”;

  • Pronto. As informações previdenciárias serão dispostas na tela e poderão ser consultadas de acordo com o período trabalhado e empregador.

  • Caso queira fazer o download, basta clicar na guia “Baixar PDF” no canto inferior direito da tela e escolher o formato desejado (versão completa ou resumida).

Como consultar o CNIS pela Agência INSS ou pelo Banco?


Se preferir, este serviço também pode ser realizado presencialmente em uma Agência da Previdência Social (APS). No entanto, será necessário agendar o atendimento com antecedência, por meio do Portal Meu INSS.

  • Vá até o portal de serviços do INSS, acesse sua conta com login e senha e procure pela opção “Agendamentos / Solicitações”.

  • Em seguida, clique em “Novo Requerimento” e digite a palavra “extrato” na aba pesquisar para escolher o serviço “Extrato Previdenciário (CNIS) – Atendimento presencial”;

  • Por fim, basta comparecer à unidade de atendimento no dia e horário agendado, para retirar o documento impresso.

Para retirar o extrato, o interessado deve apresentar documento de identificação com foto e CPF. Caso esteja representado por um procurador, este deve ser devidamente identificado pela procuração ou termo legal de representação, além de um documento original com foto e CPF.


CEF e Banco do Brasil


Beneficiários da Previdência Pública que também são correntistas da Caixa Econômica Federal (CEF) ou do Banco do Brasil (BB) também podem consultar suas informações previdenciárias por meio dos pontos de atendimento das respectivas instituições financeiras.


O serviço está disponível tanto no caixa eletrônico como também pelo internet banking, ou seja, pela internet.


No caso da Caixa Econômica, o interessado deverá acessar sua conta e tocar na opção “Previdência Social”. Já para correntistas do Banco do Brasil, basta procurar pelo menu do “Extrato Previdenciário”.


É possível acessar o CNIS pelo PIS?


Para acessar o CNIS utilizando o seu número do PIS, é preciso ser correntista do Banco do Brasil. Se este for o seu caso, siga o passo a passo abaixo:

  • Acesse o Internet Banking e faça login em sua conta corrente utilizando sua senha de acesso;

  • No menu lateral, toque na opção “Conta Corrente” e em seguida, selecione a guia “Previdência Social” no menu de Extratos Diversos;

  • Em seguida, digite o seu número PIS e clique em “Confirmar” para avançar;

  • Pronto! Você já poderá conferir seus dados cadastrais bem como todos os vínculos de contribuição previdenciária registrados pelo CNIS.

Agora que você já sabe mais sobre o extrato da Previdência Social, pode acessá-lo sempre que precisar, de forma muito prática.

Torun

09.09.2020